sexta-feira, 18 de Abril de 2014

NOTA DE REPUDIO DO SINDICATO E MINHAS CONSIDERAÇÕES

NOTA DE REPÚDIO - DIA DO GOLPEPDFImprimirE-mail
QUI, 17 DE ABRIL DE 2014 13:05
golpe 
Iniciamos esse debate com uma nota de repúdio ao grupo de “trabalhadores” que numa atitude antidemocrática e desrespeitosa causou danos ao patrimônio da categoria e usaram de violência contra o presidente da nossa instituição sindical. Vejam até que ponto as questões de caráter pessoais se sobrepõe as questões da categoria.
Para esse grupo de “trabalhadores” o importante é aparecer mesmo que para isso usem os trabalhadores para atingir os seus objetivos. Sabemos quais foram os reais motivos da incitação da categoria para o não aceite da proposta do TRT-SP.
Sabemos que o “líder” desse grupo, já foi direção desse sindicato e, na sua gestão, quase levou o sindicato a fechar as portas, demissão de trabalhadores e perdas de direitos.
O certo é: A categoria na assembleia do dia 15 de abril de 2014, definiu por continuar em GREVE, não aceitando a proposta do TRT-SP. A alegação dos incitadores era que a proposta do TRT-SP era ruim e que o sindicato estava vendido.
Para espanto de todos, no dia seguinte, da assembleia que deliberou a continuidade da greve, o mesmo grupo que dizia não querer negociar, produziu um documento, anexo, endereçado a Fundação Casa, na pessoa da Sra. Berenice, pedindo a reabertura da negocia da Campanha Salarial. Ora, não era mais legítimo negociar com o TRT-SP no Núcleo de Mediação de Dissídio Coletivo?1
Assim companheiros, fica provado que a agitação não se deu por conta da proposta ser ruim ou boa, mas sim para que o “líder” dos agitadores pudesse estar presente na comissão de negociação. Mais uma vez fica provado que os interesses individuais são prioridade para esse grupo e demonstra quem, realmente, está do lado do patrão.
          Só para finalizar, não é verdade que o sindicato não esteve presente na reunião no TRT-SP. Estava lá representado o sindicato o Dr. Viola, advogado da instituição. Ocorre que na referida reunião, como a categoria definiu por continuar em greve, não havia o que ser debatido.
A questão era puramente de formalidade, ou seja, entregar o resultado da assembleia para o juíz, e aguardar o julgamento marcado para o dia 23 do corrente ano. Portanto, não tinha razão de ser a reunião no TRT-SP. Era mera formalidade de entregar o resultado da assmebleia e epesrar.
 FONTE:http://www.sitraemfa.org.br/component/content/article/43-materia/473-nota-de-repudio-dia-do-golpe.html


COMENTÁRIO: BOM AMIGOS VOU DAR APENAS MINHA OPINIÃO SOBRE ESTA NOTA , RESSALTANDO QUE NÃO SOU ADVOGADO  , NÃO SOU DA OPOSIÇÃO , SOU APENAS UM MILITANTE COMO TODOS DA CATEGORIA E ASSOCIADO.





PRIMEIRAMENTE  QUANDO A NOTA FALA EM PATRIMÔNIO QUEM NÃO ESTAVA LÁ IMAGINA QUE TEVE DESTRUIÇÃO DE ALGUM OBJETO DE VALOR OU ALGO ASSIM. NÃO POSSO CONSIDERAR COLETES DE PANO SINTÉTICO PATRIMÔNIO DA CATEGORIA 


..EM RELAÇÃO DA AGRESSÃO CONTRA O PRESIDENTE JÁ ME MANIFESTEI E CONCORDO QUE ISSO NÃO É ACEITÁVEL NEM COM O PRESIDENTE NEM COM TRABALHADOR  ALGUM NOS TEMOS QUE RESPEITAR OS COLEGAS COM IDEIAS DIFERENTES  DA NOSSA.


 
AGORA NÃO CONCORDO EM DIZER QUE A CATEGORIA FOI INCITADA A NÃO ACEITAR A PROPOSTA  PORRA MEU A CATEGORIA NÃO TEM BRAÇO GORDO PARA  FICAR ABRAÇANDO IDEIA ERRADA E  NÃO ACEITOU A PROPOSTA POR SER UMA PROPOSTA  CRETINA E DESRESPEITOSA E ASSEDIADORA DA FUNDAÇÃO AQUELA MERDA DE HORÁRIO DE BANCO FOI SÓ PARA ENCHER  LINGUIÇA VAMOS PARAR DE TENTAR  PASSAR PANO PARA A FUNDAÇÃO SINDICATO POR FAVOR.







AGORA  NO DIA QUE A NA ULTIMA AUDIÊNCIA DE RECONCILIAÇÃO NÃO TER NENHUM DIRETOR DO SINDICATO,FOI  UM SENTIMENTO DE ABANDONO FALO COMO  TRABALHADOR, POIS CONSIDERO O ADVOGADO COMO PRESTADOR DE SERVIÇO DO SINDICATO,POIS ELE NÃO É DIRETOR ENTÃO ESTÁVAMOS SEM REPRESENTANTES ,LOGICO DEVO RESSALTAR QUE O DIRETOR ASSIS ESTEVE LA  DEPOIS FOI CONVOCADO PARA UMA REUNIÃO NO SINDICATO  MAIS NÃO PODE PARTICIPAR E O DIRETOR BRITO CHEGOU DEPOIS E ESCUTOU OS TRABALHADORES . MAIS NA  AUDIÊNCIA  SE NÃO FOSSE A COMISSÃO NÃO TERIA NINGUÉM  E SE NÃO FOSSE IMPORTANTE  A PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO SO TERIA MANDADO SEUS ADVOGADOS  E PRONTO AO CONTRARIO ELA ESTAVA  PRESENTE.













E OUTRA FORÇADA DE BARRA DA NOTA : EM NENHUM MOMENTO MEMBRO ALGUM DA COMISSÃO FALOU EM NEGOCIAR E SIM QUE NÃO PODERÍAMOS ACEITAR  A PROPOSTA DE  VOLTAR PARA O ESTADO DE GREVE  POIS A CATEGORIA IRIA SER ASSEDIADA E A GREVE IRIA SER SUFOCADA PELO PATRONAL FICAR DISTORCENDO OS FATOS SÓ VAI ENGANAR OS DESAVISADOS.





E TA CLARO PARA A MIM QUE  O SINDICATO SEMPRE TENDENCIOU EM EVITAR ESTA GREVE  NÃO ESTOU FALANDO VENDIDO , MAIS A FALTA DE APOIO DE ESTRUTURA    DO SINDICATO   É UMA RECLAMAÇÃO    CONSTANTE DE SERVIDORES GREVISTAS  ENTÃO SINDICATO POR FAVOR COMECE A MOSTRAR O CONTRARIO , E MOSTRE PARA OS SERVIDORES O APOIO QUE QUEREMOS  PARA SENTIRMOS ORGULHO E NÃO DESCONFIANÇA SEI QUE TEMOS OTIMOS DIRETORES ENGAJADOS NA LUTA .






ESSA É MINHA OPINIAO
ASS:AGENTE MUNHOZ 

 

VEJA RESPOSTA A NOTA DE REPUDIO DO SINDICATO!!!!!!!!!!!!

DESESPERADO COM O CRESCIMENTO DA GREVE GOVERNO PARTE PARA A REPRESSÃO.

DESESPERADO COM O CRESCIMENTO DA GREVE GOVERNO PARTE PARA A REPRESSÃO.

Hoje no piquetão na porta do Complexo Brás, os trabalhadores que lá estiveram, puderam verificar o desespero da Fundação e do Governo Alckmin que, usaram da repressão policial para tentar inibir o crescimento da GREVE.

A policia sem qualquer motivo prendeu o servidor Dario da  Raposo Tavares,  tentando assim intimidar os servidores. Porém, não conseguiu seu intento pois os servidores não se intimidaram e ao contrário manifestaram sua indignação.

Participaram do ato de hoje aproximadamente 300 servidores e o numero só não foi maior, porque o Sindicato mais uma vez deixou de cumprir seu papel, não fornecendo condições par que os companheiros das localidades distantes pudessem participar.

Mesmo com as dificuldades, os servidores demonstraram que estão de corpo e alma na luta e não temem as ameaças. Os servidores descobriram que juntos são mais fortes e não vão mais aceitar abusos por parte da Direção e do Governo.

SINDICATO NOVAMENTE BOICOTA A LUTA E NÃO PRESTA ASSISTÊNCIA

Reiteradamente os servidores em greve tem denunciado nas redes Sociais as manobras e  o boicote do Sindicato na luta da categoria.
 Hoje não foi deferente, pois, além de não fornecer condições para que todos os trabalhadores do estado pudessem vir e  acampar na porta do Complexo, o Sindicato ainda não colocou um carro de som em nenhum dos piquetes, nem mesmo no Brás.

Não bastasse isso, segundo relatos dos companheiros que acompanharam de perto a prisão do companheiro Dário, os Diretores do Sindicato só foram a delegacia depois que o Advogado do CONLUTAS ( oposição) já havia dado todos os encaminhamentos para libertar o servidor.

Constantemente temos aqui convocado a Direção Sindical a assumir seu papel, mas ao contrário, preferem ficar arrumando desculpas ou criando argumentos infundados para justificar sua omissão.

Só que a categoria não é boba e tem acompanhado de perto e vendo com clareza quem esta do lado da categoria e quem está contra.

Estamos no tempo da Internet, onde as informações são rápidas, em tempo real e não tem mais como manipular as informações através de jornaizinhos coloridos e mentirosos.

NOVA COMISSÃO BUSCA A REABERTURA DE NEGOCIAÇÃO

A nova comissão de negociação eleita em Assembléia Geral, elaborou requerimento a Direção da Fundação CASA/SP, visando buscar a reabertura das negociações, pois mesmo estando marcado o julgamento do  Dissidio Coletivo para o dia 23.04, nada impede que Trabalhadores e Fundação tentem encontrar uma saída para o impasse.

Cabe ressaltar que, a comissão busca negociação nos termos apresentado pelos Servidores em sua pauta de reivindicações e não nos moldes que a Direção Sindical queria empurrar goela baixo dos Trabalhadores.
No modelo defendido pelo Sindicato, nós servidores deveríamos aceitar o aumento de 3,97% proposto pela Fundação acabando com a greve, indo para o núcleo de conciliação do TRT onde este valor não poderia ser mais discutido, ficando assim este percentual como definitivo.

Cabe ainda deixar claro que, esta atitude de buscar nova negociação é demonstra a Justiça do Trabalho e ao Legislativo que os servidores mesmo rejeitando a proposta da Fundação e mantendo a greve  sempre estarão dispostos a negociar propostas adequadas e concretas, desmontando por completo os argumentos lançados pela Fundação que se coloca numa posição radical.

Este papel de buscar novas negociações deveria ser da Entidade Sindical, pois a manutenção da greve tem justamente a finalidade de forçar o Empregador a apresentar propostas alternativas e diferentes daquelas que foram rejeitadas anteriormente. Mas ao contrário, o Sindicato prefere ficar omisso e ainda tenta desqualificar aqueles trabalhadores que tentam buscar tal saída, demonstrando a imaturidade da Direção Sindical que tenta a qualquer custo jogar a categoria para a derrota.

GOLPE DE QUEM?

A Entidade Sindical lançou uma nota de repudio  pelo fato da Nova Comissão Eleita na Assembléia geral do dia 15.04 ter buscado a reabertura das negociações e, afirma que isso é um golpe.

Ai perguntamos Golpe de Quem?. Vamos aos Fatos.

Desde o Inicio a  Entidade Sindical vem descumprindo as decisões da categoria, começou com a aprovação da pauta de reivindicações onde a assembléia aprovou uma coisa e a entidade sindical protocolou junto ao empregador uma pauta diferente.

Citamos como exemplo entre os vários o índice de reajuste a ser requerido, foi aprovado pela categoria 63%, só que o sindicato colocou 53% e ainda da declaração na imprensa que quer apenas 23%, demonstrando que as deliberações dos trabalhadores não valeram de nada, prevalecendo no final a proposta derrotada da Direção Sindical que era de 23%, ai perguntamos isso não é golpe?.

Após ser derrotada na sua proposta de suspender a greve para aceitar de cabeça baixa os 3,97%, a Direção Sindical iniciou uma série de boicotes para que a greve seja julgada ilegal. 
Primeiro deixaram de comparecer a audiências de conciliação do dia 15.04 no TRT, e usou do argumento de que a audiência era apenas protocolar e estava representada por seu advogado.

Só que essa desculpa não colou, pois se fosse apenas protocolar a Presidenta da Fundação Berenice Gianela e o Procurador do Estado não teriam ido pessoalmente, teriam também mandado seus advogados, por tanto, a audiência não era apenas protocolar, tanto que durou quase 1 hora. Assim perguntamos será que não foi um golpe do sindicato que deixou de comparecer para assim deixar a categoria desmoralizada perante o Desembargador e induzir este a nos prejudicar e favorecer a Fundação?.

Golpe é a Direção da Entidade Sindical não quer cumprir a vontade dos trabalhadores manifestada pelas assembleias, descumprindo o estatuto que claramente diz que a " Assembléia é Soberana" devendo a Direção Sindical se submeter a vontade dos Trabalhadores e não os Trabalhadores a vontade da Entidade Sindical que reiteradamente vem descumprindo as deliberações do conjunto da categoria.

Golpe é vários Diretores da Entidade Sindical receberem salário da Fundação mais ajuda de custo de quase R$ 1000,00 reais pago pelo sindicato e não se preocuparem com o salário minguado que os Trabalhadores dos níveis I e II estão.

Golpe é Diretor do Sindicato dizer que apoia a greve mas manda trabalhador furar a greve, não fornece carro de som e evita ter gastos preocupando-se apenas em garantir caixa no sindicato para pagar sua ajuda de custo de R$ 1.000,00 reais.

Golpe é querer desmerecer os Trabalhadores que compareceram ao TRT e sentaram-se a mesa suprindo assim a omissão do Sindicato.

Golpe é o Sindicato querer desmerecer os Trabalhadores que estiveram ontem na Assembléia Legislativa de São Paulo buscando apoio politico para a greve da categoria, coisa que o Sindicato não Fez.
Qualquer trabalhador que tiver duvida é só perguntar para quem esteve lá tanto no TRT ou na Assembleia Legislativa que verá quem realmente esta tentando dar o GOLPE na Categoria e fazer valer a qualquer custo a vontade do patrão. 

Os Trabalhadores não são bobos estão na luta e acompanham tudo em tempo real, por isso não adianta ficar arrumando fantasmas de golpe ou soltando notinhas de esclarecimentos que não colam mais.

MODELO DE REPRESENTAÇÃO JUNTO AO MP E MPT

Diante da omissão e descumprimento reiterado das decisões da categoria pela Entidade Sindical, convocamos os Trabalhadores que estão em greve das diversas unidades do estado, a protocolarem REPRESENTAÇÕES junto ao MINISTÉRIO PUBLICO ESTADUAL E MINISTÉRIO PUBLICO DO TRABALHO contra a Entidade Sindical, visando a responsabilização desta e futura indenização caso os Trabalhadores venham a sofrer qualquer prejuízo em função do descumprimento das Deliberações de Assembléia Geral e sua Omissão/ Boicote para com a Greve da Categoria.

                                                            MODELO

Ao Ministério Publico Estadual da cidade de ( cidade onde esta localizada a unidade)

Ao Ministério Publico do Trabalho da ( cidade onde esta localizada a unidade)

                                 


                                                               Nós trabalhadores abaixo qualificado, ( nome completo,  RG, CPF de cada trabalhador que estiver na greve), servidores da Fundação CASA/SP, localizada (endereço da unidade, com CEP e cidade), vimos apresentar REPRESENTAÇÃO, em face do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo - Sitraemfa, pessoa jurídica de direito privado, com sede a Av. Celso Garcia nº 4031, bairro do Tatuapé - CEP. 03o15-000 - São Paulo - capital, pelos motivos abaixo expostos:

                                                             Desde o mês de fevereiro do corrente ano nossa categoria profissional esta em campanha salarial, sendo certo que, após Assembléia Geral regularmente convocada pela Entidade Sindical que representa os trabalhadores foi aprovada uma pauta de reivindicações a ser protocolada junto ao Empregador visando o inicio de negociações.

                                                                     Ressalta-se que, a pauta de reivindicações aprovada pela Assembléia Geral, não foi a mesma protocolada pela Direção Sindical junto ao empregador, uma vez que foi alterada pela Direção sindical cláusulas importantes tais como índice de reajuste salarial, desconto de contribuição Sindical entre outros, sem que fosse a categoria consultada em nova assembléia, ferindo assim a soberania da assembléia prevista no estatuto da entidade.

                                                           Não bastasse isso, em 10.04.2014, a categoria profissional em Assembléia Geral decretou greve por tempo indeterminado, onde a proposta ofertada pelo Empregador e defendida pela Entidade Sindical representante dos servidores foi rejeitada, prevalecendo a vontade dos servidores em decretar a greve geral.

                                                             Contrariados em ter sido rejeitada a proposta defendida pela Entidade Sindical junto a categoria, os Diretores a referida entidade iniciaram um claro boicote a greve da categoria, deixando inclusive de cumprir as funções previstas no estatuto da entidade entre elas a de representar junto ao Poder Judiciário em reunião de conciliação ocorrida no dia 15.04.2013 no TRT da 2ª Região, conforme consta na ata de audiência ( doc. anexo). ( anexar a ata de audiência do dia 15.04 no TRT que esta nas redes sociais) 

                                                               Os abusos e desrespeito da Direção Sindical para com as decisões da categoria são tão gritantes, que além de não comparecerem a audiência de Conciliação, a Direção Sindical deixou de informar ao TRT da 2ª Região e a Direção da Empresa os nomes dos membros da Nova Comissão de Negociação eleita na Assembleia Geral do dia 15.04.2014 e ainda tenta desmoralizar estes membros e a categoria soltando nota de repudio a estes  e acusando a decisão soberana da Assembléia Geral de Golpe ( anexar a nota de repudio lançada pelo sindicato).

                                                                 O boicote da Direção Sindical para com as deliberações da categoria que encontra-se em greve é de tal monta, que deixaram a maioria absoluta dos membros da diretoria de comparecer aos locais de trabalho que estão paralisados para dar suporte aos servidores grevistas e nem fornecem as estruturas requeridas e aprovadas nas assembleias para a manutenção da greve e assim tentam de todas as formas esvaziar a luta dos servidores que a cada dia se amplia por conta própria.

                                                               As atitudes dos Dirigentes sindicais, que deixam de fazer sua parte neste momento de embate com o empregador, deixam bem claro o abuso da Direção sindical que assim atenta contra os interesses da categoria, ferindo frontalmente o estatuto da entidade sindical, sendo certo que, estas atitudes dos dirigentes podem levar os servidores a sofrerem prejuízos irreparáveis.

                                                                    Diante do acima exposto, os trabalhadores acima qualificados vem através desta REPRESENTAÇÃO requerer que sejam tomadas as devidas providências junto a Entidade Sindical, para assim obrigar a Direção da entidade a cumprir o Estatuto da Entidade, respeitando de forma integral e soberana as decisões das Assembleias Gerais da Categoria Profissional sob pena de responder pelos prejuízos causados aos servidores por ela representados.

                                                                      Requer ainda que persistindo por parte da Direção Sindical o descumprimento das deliberações de Assembléia Geral, que seja realizada a destituição da Diretoria e a realização de novas eleições sob a cordeação do Ministério Publico.

                                                                           
                                                                       Termos em que,

                                                                       Pede Deferimento.


                                                                      Local e data


                                                                 ASSINATURA DE CADA TRABALHADOR QUE ESTA NA GREVE.
fonte:http://gigifalatudo.blogspot.com.br/2014/04/desesperado-com-o-crescimento-da-greve.html

MAJOR OLÍMPIO DA SEU APOIO A NOSSA GREVE!!!!



COMENTÁRIO: INFELIZMENTE TIVE PROBLEMAS COM O RESTANTE DO VIDEO  E O ARQUIVO FOI CORROMPIDO  MAIS  GOSTARIA AQUI DE AGRADECER AO APOIO DO MAJOR OLÍMPIO E TODO SEU GABINETE , POIS EM PROTESTO NO LITORAL SUL EM FRENTE A DRL UM DE SEUS ASSESSORES ESTEVE COM OS TRABALHADORES REPRESENTANDO  O DEPUTADO  NA MANIFESTAÇÃO E FOI IMPEDIDO DE ENTRAR NA REGIONAL PELO DIRETOR DA MESMA .


MAIS DEIXO AQUI NOSSA CONSIDERAÇÃO .


ASS: AGENTE MUNHOZ

SOLICITAÇÃO DA OPOSIÇÃO EM MOVIMENTO !!!

DOCUMENTO  ENCAMINHADO POR VALMIR VAZ OPOSIÇÃO

COMENTÁRIOS: ATENÇÃO FOI SOLICITADO QUE FOSSE POSTADO O DOCUMENTO ACIMA.
EU AGENTE MUNHOZ NÃO FAÇO PARTE DA OPOSIÇÃO  OK AMIGOS POREM  ATENDENDO A PEDIDOS DE COLEGAS QUE ESTÃO ENGAJADOS NO MESMO OBJETIVO QUE É A MELHORIA DA NOSSA CATEGORIA  O ESPAÇO FOI ABERTO.

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

ATENÇÃO CENTROS SÃO CARLOS ,TAQUARITINGA,ARARAQUARA ,RIBEIRÃO PRETO E DEMAIS !!!!!!!!!!

Companheiros, aqui em Araraquara estamos praticamente com 8o% dos funcionários dos
Casas UIP. UI e Semeliberdade, onde nesta estão todos os agentes parados.
Estamos contando com o apoio do Sindicato Popular desta cidade, onde estaremos fazendo panfletagem  no Centro da Cidade na sexta e sábado no  domingo estaremos conscientizando e  convocando os familiares dos internos antes da entrada para o almoço de páscoa, para
a grande carreata que faremos na terça feira à partir das 14:30 saindo do Parque Infantil até a Câmara Municipal.
Nesta Carreata contaremos com faixas e carro de som
Estamos convidando os colegas das cidades vizinhas dos casas São Carlos, Taquaritinga, Ribeirão Preto e outras que quiser se juntar a nós.
Chegando na Camara Municipal, já temos um espaço de 20 minutos para falar em plenária  sobre nossas reivindicações e solicitar apoio dos vereadores da cidade.
Estamos em contato para agendar horário e solicitar apoio dos deputados Massafera e Edinho Silva.
Estamos mobilizados e tentando mobilizar também aqueles que por ventura puder nos ajudar nesta luta.
Estamos eu e meu marido funcionários da Fundação, ele agente socioeducativo e eu psicóloga, ambos da Semiliberdade Araraquara, onde estamos com os adolescente (17) todos na rua
com seus familiares praticamente todos estes dias nosso de greve, pois o diretor os liberou.
Para maiores informações nos colocamos a disposição
Valdir 16 99992 2713  / Solange 16 99703 7039
Por favor companheiros divulguem em seus blogues nossa movimentação


COMENTARIO> BOA SORTE NESTA CARREATA  A TODOS PARTICIPANTES ESTA AI A DIVULGAÇÃO OK ABRAÇOS.
ASS> AGENTE MUNHOZ

O dia que o Brás tremeu!!!

Hoje cerca de 200 (duzentos) funcionários foram ao complexo Brás em forma de protesto.

Os servidores de diversas unidades da capital do Estado de São Paulo se colocaram a frente do complexo Brás hoje 17/04/2014.

Os  funcionários que queriam fazer extras corriam dando voltas na unidade para entrar escondido no complexo, os mais de duzentos servidores se dividiram e assumiram postos entre as mais de  04 (Quatro) entradas que há no complexo, com o desconforto a direção da unidade chamou a policia militar para intervir na situação, os policiais efetuaram a detenção de um servidor que estava na manifestação, o movimento dos servidores causou um impacto tremendo para a Fundação CASA que  até o assessor de imprensa se encontrava no complexo, servidores que participaram do manifesto conversaram com um dos dirigentes do SITRAEMFA o Sr.º Assis e deixaram claro que terça feira dia  22/04/2014 compareceram em massa a frente da unidade e que o SITRAEMFA dessa vez teria que convocar o interior e o litoral, e assim traze-los a capital para o grande manifesto que terminará com uma passeata na marginal.

veja fotos do dia em que servidores mostraram a sua força e o Brás tremeu;









VEREADORES DE ITAPETININGA APOIAM OS FUNCIONÁRIOS!



Acabei de sair da câmara municipal de itapetininga e os vereadores se sensibilizaram TOTALMENTE com nossa luta, a ponto de se comprometerem a encaminhar uma moção de apoio a nossa pauta de reivindicações e demais demandas trabalhistas e necessidades do nosso trabalho, para encaminharem ao Governador do Estado, secretaria de justiça e cidadania, governo federal e demais órgãos competentes que quisermos indicar.

Precisamos definir isso posteriormente em conjunto.

Estava presente o DEPUTADO FEDERAL Missionário José Olímpio também disponibilizou seu escritório regional a disposição da categoria!

Os companheiros da segurança aqui estavam juntos e mobilizados.

A plenária foi transmitida ao vivo para todo mundo pelo site www.tvitape.com.br e deve ser reprisada AMANHÃ dia 18, não tenho certeza do horário, mas vou confirmar deve ser pela manhã.

Fui escolhido pelos companheiros para falar na mesa, onde me foi liberado 5 minutos para explanar nossas reivindicações, onde efetuei a leitura do manifesto de greve que abrange as dificuldades generalizadas e posteriormente abordei as especificidades do nosso Centro e Município!

Façam o mesmo em seus municípios!

Greve geral JUSTA E VERDADEIRA!

www.agente-sp.blogspot.com

Com honestidade e transparência,

Adriano Neiva

VEJAM  OS  VÍDEOS  ANTES  E  DEPOIS!

AQUI,  AO  CONTRÁRIO  DA  GESTÃO  TUCANA,  FOI  EFICIÊNCIA!  EFICÁCIA  E  EFETIVIDADE   NA  MOBILIZAÇÃO  POLÍTIZADA!

ANTES:



DEPOIS:




ASSISTA  AMANHÃ  A  REPRISE  PELO  SITE:

O discurso em prol da categoria que emocionou o GOVERNADOR!

ELE  ASSISTIU  AO  VIVO!

www.tvitape.com.br

E AI PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CARAGUATUBA PEDE SOCORRO

A CENTRAL DA PATIFARIA, HOJE, ESTÁ COM A CORDA TODA. SE NÃO BASTA-SE A FUGA OCORRIDA, EM MASSA, AGORA A DIRETORA DA CASA CARAGUATATUBA, JUNTO COM COORDENAS, ESTÃO FAZENDO ISSO:-
boa tarde amigo aqui no litoral caraguatatuba ,quem sai do plantaõ noturno a diretora e cordena estaõ , assediano ao maximo diz assim quem ñ fazer extra vai leva conceito funcional

e é abandono de posto acretita amigo
SRÁ QUE A Dra.Berenice, VE ESTAS POSTAGENS E NÃO FAZ NADA. NÃO ACREDITO.


FONTE:https://www.facebook.com/ciutiflavio

COMENTÁRIO:  A PAGINA DO COMPANHEIRO CIUTI JA SE TORNOU REFERENCIA  E UM APOIO PARA OS TRABALHADORES DA FUNDAÇÃO CASA  EM  DENUNCIAS  E PEDIDOS DE AJUDA E ABUSOS COMETIDOS POR GESTORES.

MEU AMIGO CIUTI  NÃO ME ADMIRO COM ESTA NOTICIA  POIS A DIRETORA DO CENTRO DE CARAGUATATUBA TEM PROCESSO DE 6 SERVIDORES  AQUI NO FÓRUM TRABALHISTA DE CARAGUATATUBA E   FORA A DENUNCIA DE COM INDÍCIOS DE IRREGULARIDADES NA FUGA DOS 54 ADOLESCENTES, TODOS QUE ESTAVAM NO CENTRO . QUE EU MESMO PROTOCOLEI NO SINDICATO, NO MINISTÉRIO PÚBLICO , NA CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO, NA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL , NA CORREGEDORIA DA FUNDAÇÃO CASA , NA SUPER INTENDÊNCIA DE SEGURANÇA E DISCIPLINA , AGORA O DEPUTADO MENTOR JÁ ESTA EM POSSE DA DENUNCIA E CIENTE DO ASSUNTO VAI AGENDAR UMA VISITA AO CENTRO PARA CONVERSAR COM OS SERVIDORES QUE ENTRARAM QUE ALEGAM SOFRER ASSEDIO MORAL PARECE QUE AINDA  QUE A FUNDAÇÃO CASA NÃO TEM MOTIVOS SUFICIENTES PARA DAR A DEVIDA ATENÇÃO AO ASSUNTO E FAZER OQUE  A TANTO TEMPO DEVERIA SER FEITO . ATENÇÃO ILUSTRE PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CASA  ESTAMOS AGUARDANDO UMA ATITUDE POIS ESTE TIPO DE SOBRE VIDA QUE OS DIRETORES  TEM É QUE FAZEM EXPLODIR TANTA RAIVA E REVOLTA DOS SERVIDORES COM SUA GESTÃO.

AMIGOS DE CARAGUÁ  TEM QUE FAZER O BOLETIM DE OCORRENCIA APOS O ASSEDIO  E REPRESENTAR CONTRA ASSIM COMO OS OUTROS 6 SERVIDORES JÁ FIZERAM E TUDO INDICA QUE VAI AUMENTAR OS PROCESSOS !!!

GRANDE IMPRENSA DIVULGANDO NOSSA GREVE!!!!!!!!!



Sem acordo, greve na Fundação Casa de São Paulo será julgada na semana que vem

Paralisação, parcial, completa uma semana. Funcionários pedem contratações, melhores condições de trabalho e mais segurança nas unidades
por Viviane Claudino, da RBA publicado 16/04/2014 17:54, última modificação 16/04/2014 18:26
Comments
SITRAEMFA
Uma semana de greve na Fundação Casa
Durante a paralisação estão mantidos os serviços de higiene, saúde e alimentação, segundo o sindicato
São Paulo – A greve dos funcionários da Fundação Casa, que completa hoje (16) uma semana, irá a julgamento no próximo dia 23, às 13h30, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo. Audiência de conciliação realizada ontem, mediada pelo desembargador Francisco Ferreira Jorge Neto, terminou sem acordo.
Segundo o sindicato, a paralisação tem adesão de aproximadamente 3 mil trabalhadores, de um total de 13 mil, nas 148 unidades no estado. Estão mantidos os serviços de higiene, saúde e alimentação. As visitas durante o feriado da Semana Santa serão liberadas
Entre as principais reivindicações, estão novas contratações, melhores condições de trabalho e mais segurança nas unidades. "Não adianta fazer concurso público e continuar oferecendo baixa remuneração e um plano de cargos e salários que exige 20 anos para o trabalhador crescer na carreira, porque quando ele percebe isso vai embora", disse o diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), João Faustino.
Os trabalhadores querem ainda reajuste de 53,63%. Alegam que esse é o percentual necessário para recompor o poder de compra e compensar o aumento da cobrança relativa ao plano de saúde, recém-alterado pela instituição. Proposta da fundação, já rejeitada, incluía reajuste de 6,26% nos salários e no vale-alimentação para uso em supermercado, que iria a R$ 105,94, e de 7,1% no vale-refeição, que passaria a R$ 14 ao dia.
FONTE:http://www.redebrasilatual.com.br/

Complexo Brás autoriza saída sem escolta policial em plena GREVE!!!

Complexo do Brás autoriza saída de adolescente em plena greve,  sem escolta policial contrariando a resolução SJDC\SSP-1 de 1º do 10 de 2009, publicada no DOE em 03/03/2010, ainda permite a saída de uma auxiliar de enfermagem que em muitas unidades estão proibidas de faze-las pelo COREN  17/04/2014

Abaixo do vídeo esta a resolução SJDC\SSP:

Clique nos documentos para ampliar

 





















SERVIDORES DE BATATAIS ESTARÃO VISITANDO OUTROS CENTROS DE SUA REGIONAL!!!

SERVIDORES DE BATATAIS ESTARÃO CORRENDO AS  UNIDADES PARA DAR  UM FORÇA


AS UNIDADES SÃO 

SERTÃOZINHO

SÃO CARLOS

TAQUARITINGA